É realizado na própria escola por uma pequena banda musical, um concerto composto de musicas eruditas típicas de vários países, é oferecido um auxílio pedagógico complementar através da participação em ciclos de atividades gratuitas. Em Cuiabá são realizados por volta de 30 escolas por ano, atingindo a mais de 6000 alunos e distribuindo mais de 200 bolsas.

1-O concerto musical envolve instrumentos de sopro e percussão: flauta transversal, oboé, trompete, trompa, trombone, tuba, fagote, tímpanos, caixas, tambor e lira. Com arranjos para a  interpretação de autores renomados como: Handel, Schubert, Giles Farnaby, Bach, Vivaldi, Schultz, Strauss e outros. Também estão incluídos solos de percussão com movimentos alegóricos.

2- A participação: O projeto oferece ainda ciclos de aulas gratuitas de música, teatro e esporte, no Centro Juvenil dos Arautos aos fins de semana. Os alunos interessados inscrevem-se para um sorteio que é realizado na própria escola.

3-  O Projeto é inteiramente gratuito, inclusive as atividades de teatro, música e esportes concedidas através da bolsa temporária que pode variar de um mês até um ano de duração, isso depende de uma avaliação do rendimento e interesse do aluno. Tendo bom êxito, a bolsa se renova com um novo ciclo de dois meses, depois três meses e posteriormente seis meses, até completar o ciclo de um ano, quando daremos vagas para novos alunos.

O Centro Juvenil dispõe aos alunos sorteados:

-Transporte gratuito para o aluno e a família;

-Biblioteca;

-Iniciação musical;

-Coral;

-Palestras;

-Roupas de exercício;

-Figurino de teatro;

-Instrumentos musicais;

-Alimentação;

-Catequese;

-Atendimento familiar.

Passeios e excursões também fazem parte das atividades. Nas férias é oferecida a os alunos viagens formativa para São Paulo, onde participam de cursos, obtendo experiências e conhecimentos que seriam inacessíveis para muitos deles.

O Projeto Futuro e Vida tem por objetivo um ensino vivo e rico em ética, história e cidadania, além de propiciar um ambiente sadio. Visa fazer do aluno um polo cultural, um multiplicador de valores dentro da própria escola, na família e na sociedade.

“É preciso ocupar o jovem com atividades elevadas da arte e da cultura, do pensamento e das ideias sadias, pois onde há desocupação aí está o perigo. Queremos a salvação da juventude.” (Monsenhor João Clá Dias – Fundador dos Arautos do Evangelho)

A realização do Projeto é feita pelos Arautos do Evangelho, sem fins lucrativos, dependendo para isso da colaboração de muitos, mas sempre necessitamos de patrocinadores que desejem cooperar com esta obra, em prol de um futuro melhor.


DEIXE UM COMENTÁRIO