Quando pensamos em corrente, imaginamos logo uma prisão e a inerente privação da liberdade, esquecendo-nos de ser ela mais comumente utilizada como instrumento de proteção. Assim sendo, a corrente é também, muitas vezes, um elemento de segurança. Graças a São Luís Maria Grignion de Montfort, a corrente ganhou mais uma analogia: a mediação.
Da mesma forma como os elos , unindo-se uns aos outros, ligam os extremos entre si, aqueles portanto que se distinguem por sua maior proximidade com Deus, fazendo papel de intermediários, nos aproximam d’Ele de modo mais fácil, rápido e seguro do que se tentássemos chegar sozinho diretamente.
Esta foi a sábia escolha dos mais de 50 consagrandos, que através deste elo magnífico, Maria Santíssima, fazem de suas vidas um ato de abandono e confiança nas mãos de Deus. A abençoada cerimônia foi realizada no salão da Sede dos Arautos do Evangelho.
 

DEIXE UM COMENTÁRIO